Apoio ao PROJETO THE ART OF LIVING

Apoio ao PROJETO THE ART OF LIVING

 

A Fundação Maria Beatriz Lopes da Cunha decidiu apoiar a edição 2017 da competição juvenil do PROJETO THE ART OF LIVING promovido pelos seguintes clubes juvenis: Clube Monte Alegre (Montemor-o-Novo), Clube Campo Alegre (Galegos – Penafiel), Clube 7+ (Lisboa), Clube Rotunda (Porto) e coordenado pela formadora Maria Cláudia Ghira Campo Viana.

 

O Projeto The Art of Living

O PROJETO THE ART OF LIVING consiste numa competição anual e nacional entre equipas de jovens a partir dos 13 anos, cujo tema de fundo visa redescobrir e valorizar as necessidades elementares da pessoa: a alimentação, o vestuário, a saúde e a beleza, através do amor à arte e com arte, dedicação e carinho.

O PROJETO THE ART OF LIVING oferece a possibilidade de adquirir competências para influir na sociedade e na família. Servir as pessoas nos seus cuidados mais básicos requer amor e arte, dedicação e serviço.

A dimensão de dar gratuitamente pode estar presente em cada ação ou em cada profissão: sente-se na amabilidade, no cuidado atento, na atitude de serviço, num “algo mais” que se dá elevado à categoria de arte. E cada pessoa, por ser única e irrepetível, tem direito a esse “algo mais”, a esse toque de humanidade que é oferecer parte da minha vida através do serviço.

 

Funcionamento do Projeto The Art of Living

As equipas de concorrentes preparam-se ao longo do ano para ensaio / pesquisa / aprendizagem da matéria sobre a qual irão fazer o trabalho final. São acompanhadas por uma monitora qualificada pelo THE ART OF LIVING, garantindo assim uma educação personalizada. A competição anual, a ter lugar no segundo trimestre, diante de um júri, é apenas o coroamento do esforço dos meses de trabalho e formação.

As áreas de trabalho propostas pelo PROJETO THE ART OF LIVING são: Casa e Decoração; Cozinha e Doçaria; Moda; Organização de Eventos e Saúde.

 

Projeto The Art of Living Portugal 2017

Inspirado numa iniciativa congénere realizada nos EUA, no Reino Unido, Irlanda e Itália, em Portugal, este concurso vai na sua 7ª edição e, em 2017, as sessões finais realizaram-se em:

1ª sessão – de 27 e 28 de fevereiro, em Montemor-o-Novo, para jovens do 7º e 8º anos de escolaridade.

2ª sessão –  de 4 a 6 de abril, em Miramar, para jovens do 9º, 10º e 11º anos de escolaridade.

Participaram na 1ª sessão dezasseis jovens e quatro monitoras e, na 2ª sessão, dezoito jovens e seis monitoras.

 

Provas a concurso no THE ART OF LIVING 2017:

  1. Recriar uma receita com os ingredientes que aparecem no cesto – Equipa Vencedora: Clube Monte Alegre
  2. Dar uma aula prática de pastelaria – Equipa Vencedora: Clube 7+
  3. Dar uma aula prática de Etiqueta e Boas Maneiras – Equipa Vencedora: Clube Campo Alegre
  4. Decorar uma mesa de festa de aniversário para crianças – Equipa Vencedora: Clube Rotunda

O programa de ambas as sessões foi ainda preenchido com colóquios, visitas e outras atividades culturais.

Projeto Cabo Verde 2017

Projeto Cabo Verde 2017

O Projet15896215_588007951394680_5798623400159278766_oo Cabo Verde (PCV) é um projeto de voluntariado internacional para a cooperação, desenvolvido por estudantes universitárias e jovens profissionais.

Resulta da parceria entre várias associações portuguesas – a Fundação Maria Beatriz Lopes da Cunha, os Álamos, o Rampa Clube, a Cooperativa de Telheiras para a Promoção da Solidariedade e da Cultura, CRL e a Associação Cultural das Areias (Estoril) – em colaboração com a comunidade local cabo-verdiana.

A estratégia de intervenção abrange três pilares fundamentais do desenvolvimento social: educação e formação, saúde e ambiente. A intervenção no terreno, em 2017, efetivou-se de 25 de julho a 13 de agosto e decorreu no bairro do Fonton, na cidade da Praia.

Os objetivos globais e específicos do Projeto pretenderam dar um contributo para fazer dos beneficiários os protagonistas do seu próprio desenvolvimento e, complementarmente, apostar na formação das voluntárias, valorizando a iniciativa de cada uma e proporcionando uma oportunidade de treinar, ganhar e aperfeiçoar competências.

Com o intuito de maximizar o impacto do PCV e potenciar a sua intervenção, foi estabelecida uma relação muito próxima com a comunidade local, nomeadamente o Centro de Intervenção Comunitária de Fonton.

Download

Programa “Protege o teu Coração” e outras ações de formação

 

A Fundação MApresentação1aria Beatriz Lopes da Cunha promoveu, em 2015, três ações de formação de curta duração sobre Educação Personalizada, dirigidas a monitoras  do Clube Colina, orientadas pela Dra. Maria do Rosário Pedroso de Almeida e Sousa e pela Dra. Nina Ayres Pereira.



Por outro lado, durante o ano letivo de 2015/16, e em parceria com a Associação Família e Sociedade, a Fundação apoiou o Programa “Protege o teu Coração”, destinado a famílias e adolescentes.

Este programa de educação da afetividade e sexualidade, baseado na formação do caráter, foi orientado pela Dra Sofia Mendonça ao longo de nove sessões:

Público-Alvo Data Tema
Pais 20/11/2015 ·      “Conhece o seu filho?”
19/02/2016 ·      “Adolescência: ajude-o a valorizar-se”
29/04/2016 ·      “Sexualidade: perder o medo a falar com os filhos”
Jovens do 3º ciclo do Ensino Básico e 10º ano Secundário 20/11/2015 ·      “Quem sou eu?”
19/02/2016 ·      “Aprender a gostar de mim (Adolescência)”
29/04/2016 ·      “Ousado e não Pressionado”
Jovens do 11º ano e do 12º ano do Ensino Secundário 21/11/2015 ·      “Quem sou eu?”
20/02/2016 ·      “Saber decidir: chave para o êxito”
30/04/2016 ·      “Comunicação: faz com que te entendam”

O Colina – Clube Juvenil e Centro Cultural: o Living Lab da Fundação em Braga

Desde sempre foi preocupação da Fundação que a infraestrutura a construir em Braga, bem como todas as que futuramente se vierem a edificar, viessem a ter uma clara e elevada taxa de utilização tirando partido de todas as valências oferecidas de uma forma permanente. O objetivo será que todas as unidades ou valências da Fundação sejam montras vivas – Living Labs – dos seus projetos, implementações reais dos conceitos de sustentabilidade para a Família, realizações animadas pela Juventude, onde se aplica a metodologia da Educação Personalizada.

131

O Colina – Clube Juvenil e Centro Cultural pretende definir-se como um Clube de Famílias que, juntamente com especialistas em diferentes áreas, assumem a responsabilidade da organização de atividades culturais caracterizadas pela transversalidade dos eixos estratégicos da Fundação e com uma programação regular para jovens dos 6 aos 25 anos.

Além de pretender assumir um papel com particular incidência no desenvolvimento social, é missão do Colina – Clube Juvenil e Centro Cultural ser um polo aglutinador da colaboração das famílias para a formação integral da juventude preparando-a para uma atuação construtiva na sociedade do futuro.

Daí que a sua visão– “Formar  o futuro” – se concretize nos seguintes objetivos gerais:

  • Potenciar a geração de profissionais do futuro;
  • Ajudar na construção de uma sociedade com cidadãos conscientes, empenhados e capazes;
  • Promover a excelência nas artes, ciências e ofícios;
  • Revitalizar o papel das famílias na qualificação da educação e da sociedade;
  • Ser uma incubadora de inovação social, partindo da aposta nas novas gerações.

O Colina – Clube Juvenil e Centro Cultural possui uma abordagem inovadora no acompanhamento personalizado de cada jovem, através de um processo de coaching, que pode abarcar todas as dimensões da personalidade e do projeto de vida, de acordo com as suas necessidades e num contexto de liberdade, num ambiente de amizade e confiança recíprocas.

Instagram do Colina