Fórum Internacional Incontro Romano 2019 -“O poder transformador do trabalho: o quotidiano deslumbra”

Fórum Internacional Incontro Romano 2019 -“O poder transformador do trabalho: o quotidiano deslumbra”
O Incontro Romano 2019

O Fórum Internacional Incontro Romano 2019, realizado na Cidade Eterna, de 14 a 21 de abril de 2019, propôs uma reflexão sobre a beleza e o serviço do trabalho. Uma visão do trabalho comprometida com o mundo tem a capacidade de descobrir o brilho de cada pormenor, a transcendência de cada ato de serviço que conforma o nosso trabalho profissional e a relevância do serviço à sociedade que representa. O quotidiano deslumbra.

O trabalho como foco de assombro e de criatividade importa de modo especial àquelas profissões mais ligadas ao serviço direto à pessoa: a enfermagem, a gastronomia, a decoração, a arquitetura …

O Incontro Romano

O Incontro Romano é uma iniciativa que cria espaços de reflexão, partilha de estudos, experiências criativas, iniciativas e projetos relacionados com um tema geral, atual e aberto, promovendo ações que centralizem a atenção na pessoa humana, fomentem a investigação interdisciplinar, a capacitação com excelência na área dos serviços pessoais e comunitários.

Modos de participação
  • Comunicação escrita
  • Projeto de empreendorismo social
  • Equipas de criatividade – (apresentação de aperitivos dirigidos a um público concreto)
Participação Portuguesa

Em 2019, Portugal foi representado por sete participantes que realizaram uma apresentação de aperitivos, no âmbito das Equipas de Criatividade, intitulada “Cantos de Portugal”.

Projeto Art of Living 2019

Projeto Art of Living 2019
O Projeto Art of Living – Portugal

O Projeto Art of Living – Portugal consiste numa competição anual e nacional entre equipas de jovens a partir dos 13 anos, cujo tema de fundo visa redescobrir e valorizar as necessidades elementares da pessoa: a alimentação, o vestuário, a saúde e a beleza, através do amor à arte e com arte, dedicação e carinho. O Projeto Art of Livingoferece a possibilidade de adquirir competências para influir na sociedade e na família.

Projeto Art of Living – edição 2019

A edição de 2019 teve como objetivos primordiais fomentar capacidades e atitudes como o conhecimento próprio, aceitação da diferença, resiliência, observação e cuidado dos pormenores no trabalho.

O programa contou com temas a debate, conferências, visitas culturais e atividades de voluntariado, sob a orientação da formadora Cláudia Ghira Viana e responsáveis dos clubes participantes.

Provas a concurso

Prova 1: Primeiro o Ovo ou a Galinha?

  • Fazer doce de ovos e enfeitar um bolo
  • Fazer um ovo estrelado ou escalfado e apresentá-lo inserido numa receita
  • Fazer uma tortilha

Prova 2: Prova das Linhas

  • Coser 2 botões diferentes
  • Fazer uma bainha
  • Terminar um desenho que está iniciado, em ponto pé de flor
  • Transformar uma peça de roupa
Participantes

A Fase 1 contou com 15 participantes do Clube Campo Alegre – Galegos -Penafiel e do Clube 7+ – Lisboa. Na Fase 2, participaram 22 jovens do Clube Fontainha – Prado, do Clube Espigueiro – Arcozelo -V. N. Gaia e também
do Clube Campo Alegre – Galegos -Penafiel e do Clube 7+ – Lisboa.

Patrocínios

“O Poder do Serviço” – ações de formação

O poder do serviço

“Não esqueçamos jamais que o verdadeiro poder é o serviço”. (Papa Francisco)
poder do serviço

Como em anos transatos, a Fundação Maria Beatriz Lopes da Cunha decidiu juntar diversos convidados em duas ações de formação dirigidas a um público-alvo adulto, tendo como mote a frase inaugural do pontificado do Papa Francisco: “Não esqueçamos jamais que o verdadeiro poder é o serviço”.

Numa cultura como a nossa, que contrapõe mandar e servir, poder e obedecer, acabamos por assumir uma visão caricatural do serviço quando este é uma forma de relação que só os seres humanos podem ter. Nunca se falou tanto da excelência do serviço, da importância do serviço ao cliente, de liderar pelo serviço e, ao mesmo tempo, são cada vez mais raras as atitudes genuínas de serviço.

Nestes seminários, realizados, em novembro de 2018, em S. Pedro de Sintra e Arcozelo – V. N. Gaia, cerca de 80 participantes puderam trabalhar este tema e inspirar-se em figuras como: Isabel Jonet, (presidente do Banco Alimentar Contra a Fome), os casais Francisco e Inês Vilhena da Cunha, Teresa e Francisco Tovar, e Carmo e Bento Amaral (famílias numerosas e com elementos portadores de deficiência física e mental), Fátima Carioca, Ana Rial e Domitília dos Santos (Financial Adviser), Marta Mendonça e Marta Lynce de Faria (Doutoras em Filosofia), moderadas pela socióloga e jornalista Isabel Teixeira da Mota, entre outros.

A jornalista Isabel Teixeira da Mota publicou no Observador um resumo dos trabalhos – “Servir é um poder? Por que motivo interessa responder a esta pergunta?”